Google+ Followers

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

O Carvalho e o Junco

Um enorme carvalho viu-se um dia cercado por um violento furacão, que o arrancou do solo e o atirou na correnteza, onde caiu entre alguns juncos. Disse ,tristemente:
_ Como é isto possível? O furacão me arranca do chão, com raízes e tudo, e não arranca esses magros juncos?
-É que és orgulhoso demais - disse um dos juncos.
- e não sabes curvar-se como nós!

(moral da história)



"Durante a tempestade, é melhor curvar-se do que quebrar."

Nenhum comentário: