Google+ Followers

terça-feira, 12 de maio de 2009

Os dois caminhos

Salmos 1.2

Feliz o homem que não procede conforme o conselho dos ímpios,
não trilha os caminhos dos pecadores,
nem se assenta entre os escarnecedores.
Feliz aquele que se compraz no serviço do Senhor
e medita sua lei dia e noite.

Ele é como a árvore plantada
nas águas das margens correntes:
dá fruto na época própria,
sua folhagem não murchará jamais.
Tudo que empreende ,prospera.

Os ímpios não são assim!
Mas são como a palha que o vento leva.
Por isso não suportarão o juízo,
nem permanecerão os pecadores na assembléia dos justos
Porque o Senhor vela pelo caminho dos justos,
ao passo que o dos ímpios leva á perdição.


(cais do porto - Paraiba do Sul)

Nenhum comentário: