Google+ Followers

sábado, 9 de abril de 2011

Agradecimentos pelo socorro

Filipenses 3,4

Fiquei imensamente contente, no Senhor, porque finalmente vi reflorescer o vosso interesse por mim. É verdade que sempre pensáveis nisso,mas vos faltava oportunidade de mostrá-lo. Não é minha penúria que me faz falar. Aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei viver na penúria , e sei também viver na abundância.
Estou acostumado a todas as vicissitudes: a ter fartura e a passar fome ,a ter abundância e a padecer necessidades. Tudo posso naquele que me conforta.
Contudo,fizeste bem em tomar parte na minha tribulação.
Vós que sois de Filipos, bem sabeis como, no início do meu ministério evangélico, quando parti da Macedônia, nenhuma comunidade abriu comigo contas de dever-haver, senão vós somente. Já por duas vezes mandastes para Tessalônica o que me era necessário. Não é o donativo em si que eu procuro, e sim os lucros.


(imagem:recantodalidia)

Nenhum comentário: