Google+ Followers

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Cesar Lombroso

Nasceu em Verona, Itália, a 6 de novembro de 1835.

Cursou Medicina nas Universidades de Pavia, Pádua e Viena, laureando-se em 1858, pela Real Universidade de Pavia.

Famoso pelos estudos no campo das relações físicas e mentais que mais tarde se tornou conhecido como antropologia criminal.

Foi professor de psiquiatria, de medicina forense e higiene na Universidade de Pavia, assim como professor de psiquiatria e antropologia criminal na Universidade de Turim.

Em 1905, criou o célebre Museu de Antropologia Criminal, que se tornou ponto de romaria para estudantes e doutores do mundo inteiro.

Entre os seus livros científicos, salientam-se: “O Homem Delinqüente” e “O Crime, Suas Causas e Soluções”.

Em março de 1891, inicia sua caminhada rumo ao Espiritismo, assistindo a sessões de efeitos físicos com a médium Eusápia Paladino.

Em 1902, através da mediunidade de Eusápia, vê, ouve a voz e sente o contato com o Espírito de sua mãe, quando passa definitivamente a crer na evidência do fenômeno espírita.

No trabalho “Eusápia Paladino e o Espiritismo”, publicado em “La Lettura”, em setembro de 1907, afirma publicamente suas convicções.

Dentre diversos escritos sobre Espiritismo, destaca-se o livro “Hipnotismo e Mediunidade”.

Desencarnou em 19 de outubro de 1909, em Turim, na Itália.

Nenhum comentário: