Google+ Followers

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Pesquisa positiva para a criação de orgãos

Uma pesquisa feita por cientistas da Universidade de Minesota conseguiu criar um coração em laboratório. A partir do estudo, a tese de que corações, ou outros orgãos humanos ou de animais, possam ser adptados para transplantes usando células tronco foi reforçado.
A pesquisa é positiva para a produção de qualquer orgão, como fígado,rim, pulmão ou pâncreas.
O fato também é favorável para reduzir o risco de rejeição dos transplantes.
Os cientistas removeram células musculares dos corações de ratos e deixaram somente os contornos de outros tecidos, como vasos sanguíneos e válvulas. Essas dobras foram então feitas com células de corações de ratos recém- nascidos. A partir daí,as células se multiplicaram em (04) quatro dias,permitindo que os cientistas observassem contrações nos novos tecidos musculares.
No 8º dia, os coraçoes já eram capazes de bombear sangue, embora com apenas 2% da potência de um órgão normal.

Nenhum comentário: