Google+ Followers

domingo, 22 de junho de 2008

Ali Baba

"História das Mil e Uma Noite"

Alí-Babá era um mercador, que nascera ao sul
do Líbano.
Certo dia, quando
fazia a viagem de Bagdá a Damasco ouviu
o tropel de muitos cavalos.
Escondeu-se,
e viu chegar uma grande caravana ,contou (um por um)
e viu que eram 40 homens.
todos abarrotados de grande quantidade de ouro,moedas,
pedras preciosas...
o que parecia ser o chefe, assim falou:
- Abra-te , Sésamo!
- e uma porta se abriu na montanha , por
onde todos entraram.
Mais tarde os ladrões saíram. O Chefe
exclamou:- Fecha-te , Sésamo!
- e a porta se fechou.
Ali - Babá, que era muito curioso,
resolveu ver o que havia dentro da
montanha. E disse :
- Abra-te Sésamo!
A montanha se abriu e Ali-Babá entrou.
Que surpresa! Aquela era a caverna onde
os ladróes guardavam os tesouros que
roubavam.
Ali-Babá encheu de moedas o seu camelo
e saiu dali, depois de ordenar que a porta
se fechasse novamente.
Ali-Babá queria saber quantas moedas tinha
trazido.
Para isso, pediu emprestada uma medida a
Cassim, seu irmão. Desconfiado de alguma
coisa, Cassim passou cola no fundo da jarra.
E esta, ao lhe ser devolvida , tinha uma
moeda presa no fundo da jarra. Cassim seu
irmão ,perguntou a Ali-Babá - como conseguira
tanto dinheiro que precisava de medida
para contar.
Quando soube da história, Cassim quis imitar
e... pouco depois , subiu até a montanha, para
a exemplo de seu irmão ,pegar as "suas" moedas.
Ao chegar, falou as palavras mágicas e a
montanha se abriu.
Mas, pouco depois de Cassim entrar, os ladrões
chegaram de surpresa e o encontraram carregado
de moedas, ouros, brilhantes , enfim , estava
abalrroado com os tesouros alheios.
Os ladrões não gostaram de ver um estranho na sua
caverna, ficaram tão enfurecidos que deram
uma surra em Cassim.
Ali-Babá estranhou a demora do irmão, e o
encontrou ,muito ferido.
Ali-Baba levou o irmão para casa
e cuidou dele.
Os ladrões logo descobriram que Ali-Babá tinha
levado muitas de suas moedas, pois conhecia o
segredo da montanha. Era preciso , portanto,
acabar com ele.
Imaginaram, então, um plano...os ladrões
combinaram se meter dentro de Jarras enormes
de azeite vazias. O chefe do bando disfaçou-se
de mercador, carregou suas mulas com as jarras
de azeite e foi pedir pousada a Ali-Babá.
O chefe dos ladrões contou uma grande mentira
ao Ali-Babá - disse que estava anoitecendo e
ele não podia viajar por aquelas estradas, que
eram desertas e muito perigosas. Morgana, uma
criada de Ali-Babá , ao passar pelo pátio onde
estavam as jarras, ouviu vozes dentro delas e
logo desconfiou que os ladrões estavam
escondidos ali.
Ela bolou um plano, esquentou azeite e,
pé ante pé, sem falar uma só palavra
derramou azeite quente em cada uma das jarras.
Pouco tempo depois, Morgana foi dançar para os
donos da casa e seu convidado ( o chefe dos ladrões)
mas, de repente... parou e apontou em punhal contra
o chefe dos ladrões, revelando a seu patrão que
ele era um bandido.
O homem recebeu o castigo
devido, e a criada Morgana recebeu uma bela
recompensa e todos viveram felizes para sempre.

Nenhum comentário: