Google+ Followers

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Carqueja

A Carqueja ,é uma planta perene que compõe o arsenal terâpeutico popular há muito tempo.
Conhecida como carqueja amarga é originária da América do Sul e cresce em vários tipos de solo, desde os encharcados até os úmidos e pedregosos. Entre os habitantes do campo e das cidades , não há quem a dispense para tratar os problemas digestivos .
Em decorrência de seus princípios amargos , exerce uma função benéfica sobre o fígado e intestino, que auxiliam no seu funcionamento. Purifica e
elimina as toxinas do sangue pela ação diurética que exerce . Também é indicada no tratamento fitoterápico de gastrite, azia, má digestão, dispepsia, doenças da bexiga, rins e fígado , gota e reumatismo.
Quando utilizada em associação com a losna evita poblemas digestivos e hepáticos.
No diabetes , o uso do chá ou tintura faz diminuir a glicose no sangue e em alguns casos há até uma normalizaçao.
Atuando também nas gastrites e azia devido a má digestão.
Seus princípios amargos estimulam a produção de bile e suco gástricos.
O ideal e fazer uso do remédio durante um mês , dando pequenos intervalos de cinco a sete dias.
Uma ótima opção para fazer uso da Carqueja, é usa-lá na forma de vinho medicinal.

Modo de Fazer:

Pique 30 gramas de Carqueja em pedaços pequenos, coloque em um litro de vinho
branco seco,deixe repousar durante uma semana. Coe num filtro de papel ou
num pano bem limpo, tome um cálice pequeno antes das refeições.

Fitoterápicos:
(medicamentos feitos de substâncias naturais extraídos de plantas).



Minha avó sempre dizia, 'Carqueja' é um santo remédio!

Nenhum comentário: