Google+ Followers

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Frei Galvao

Santo Antônio de Sant'Ana Galvão nasceu em Guaratinguetá - São Paulo, 1739 e faleceu
em São Paulo, em 23 de dezembro de 1822.
Ingressou aos 13 anos no Seminário Jesuíta de Belém da Cachoeira, na Bahia, onde permaneceu até os 19 anos.
Aos 21 anos ingressou no Noviciado Franciscano São Boa Ventura - no Rio de Janeiro.
Ordenou-se sacerdote no Convento de Santo Antônio, no Largo da Carioca, contava com 23 anos.
Viveu 60 anos de seu sacerdócio no Convento de São Francisco em São Paulo. Consagrado como filho e escravo da Virgem Maria, a Imaculada, foi um grande pregador e
incansável missionário defensor da justiça.
Dedicou quase meio século (48 anos) de sua vida á construção do Mosteiro da Luz, em São Paulo, onde foi enterrado. É considerado o padroeiro de todos os que trabalham na construção civil.
As 'pilulas' de frei Galvão nasceram do grande amor que o santo dedicava aos doentes e da sua profunda devoção a Virgem Maria.
Foi denominado Franciscano da Paz e da Caridade. Quando foi beatificado por sua santidade o papa João Paulo II, foi chamado de 'Doçura de Deus'.
No dia 11 de maio de 2007, na cerimônia de canonização, realizada no Campo de Marte em São Paulo, o Papa Bento XVI fez referência a frase preferida de Frei Galvão que traduz toda a devoção do 1º Santo brasileiro.

'Prefiro que me tirem a vida a ofender Nosso Senhor'

Oração

Deus de Amor, fonte de todas as luzes, que cumulastes de bençãos o vosso Santo Antônio de Sant'Ana Galvão, nós vos adoramos e glorificamos e vos agradecemos, porque nele fizestes maravilhas.
Ele, o Senhor, por vossa inspiração, criou para o vosso povo sofrido aquelas pílulas, sinal da vossa compaixão para com os enfermos, sinal seguro da mediação de Vossa Mãe, e do Santo Frei Galvão, que nós, ao tomarmos com fé e devoção estas pílulas, consigamos a graça desejada ( pede-se a graça)
E procuremos conhecer sempre mais o Evangelho que ele viveu, cultivando com amor a vida Eucarística.
Ó Santo Frei Galvão, junto á Maria, Mãe de Deus, rogai por nós.

Amém



Nenhum comentário: