Google+ Followers

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Americo Vespucio

Américo Vespúcio, nasceu em Florença a 9 de março de 1451 foi o terceiro filho de Isabel Mimi e Anastácio Vespucci.
Foi educado pelo seu tio, o dominicano Jorge Antônio Vespúcio, dedicou-se á
astronomia e a cosmografia. A serviço da Casa Bancária do Médicis foi em 1491 a Sevilha a fim de ajudar J. Berardi, gerente da firma, com a morte deste em 1495, Américo Vespúcio assumiu a gerência da filial, especializada no abastecimento de caravelas.
Travou então contacto com as idéias e sonhos dos conquistadores espanhóis. Os
relatos tanto o atrairam que um dia o bem reputado comerciante se tornou aprendiz de explorador . Com quase 50 anos deixou a cidade de Sevilha embarcando numa nau que zarpava rumo ao desconhecido.
Esteve a serviço de Portugual por uns 05 anos , regressou a Sevilha onde obteve a cidadania espanhola, quando foi nomeado piloto-mor instruiu o com muito tato aprendizes para viagens.
Quando morreu em 22 de fevereiro de 1512 , ainda em Sevilha, sua espôsa Maria recebeu a vultosa quantia de 10.000 maravedis , o título de piloto-mor foi dado a Juan Dias Solis, que também navegara sob bandeira portuguesa.
Américo Vespúcio ajudou a dissipar a dúvida sobre a configuração do continente que Cristovão Colombo considerava um arquipélogo, as 'Indias'.
Contudo foram as crônicas de viagem que lhe deram maior notoriedade.
Assim doou seu nome ao Novo Mundo:
América.

Nenhum comentário: