Google+ Followers

terça-feira, 23 de junho de 2009

Lingua


A língua é um aparelho receptor de alta fidelidade. Além de captar uma grande variedade de impressões táteis,transmite ao cérebro através de nervos, aquelas que possam prejudicar o organismo.
E a sua utilidade vai mais além:
Funciona como sistema de alarme, acusando qualquer irregularidade que ocorra com o corpo, daí a célebre frase dos médicos: 'mostre a língua'
Os medicos pela cor da língua detectam a doença, por exemplo: quando está branca significa que algo não vai bem no aparelho digestivo.
Quem abrir a boca diante de um espelho e levantar a língua,notará que debaixo dela existe uma espécie de prega, que recebe o nome de freio.
O freio e o osso hióide, situado a frente da laringe, são os únicos pontos de apoio da língua, órgão formado por 15 músculos e recoberto pela mesma mucosa que envolve o interior da boca e os lábios.
A língua tem uma mobolidade extraordinária, é capaz de se curvar , enrolar, e também de deslocar-se em todos os sentidos.
Quando imóvel, estende-se sobre a parte inferior da boca.
Na superfície da língua há uma infinidade de pequenas saliências, algumas visíveis a olho nu, outras não.

. As papilas linguais - são minúsculos centros de recepção sensorial, cuja atividade permite a distinção do sabor dos alimentos, ou seja o paladar.

. Filiformes - são estreitas e alongadas estas papilas localizam-se na parte da frente da língua.

. Na parte central as papilas tem o formato de pequenos cogumelos e recebem o nome de fungiformes.

. As papilas caliciformes ficam na parte de trás, de maior tamanho em formato de cálice. O seu número varia entre seis e treze e são dispostas em forma de V aberto para frente da boca.

Qual o papel das papilas?

As papilas filiformes, cuidam apenas da sensibilidade tátil, deixando para as papilas fungiformes a caliciformes a tarefa de discriminação do paladar.
Quem recolhe as informações são os 'pelos gustativos' situados na parte exterior das células gustativas.
Para que as substâncias cheguem aos botões gustativos é preciso que estejam bem dissolvidas em saliva. Quando isso ocorre, as células as analisam, segundo quatro sabores básicos:
.doce
.salgado
.ácido
.amargo
As células gustativas são extremamente sensíveis e altamente especializadas. Assim, as que se localizam nas papilas dos lados e da ponta da língua são as únicas capazes de distigüir o sabor salgado. As da ponta da língua identificam também o sabor amargo (mas não o doce)
O paladar final das substâncias será a combinação dos quatro sabores, com impressões táteis de temperatura e de odor.

Quando falamos mal de alguém, recebemos alguns apelidos:

Língua de trapo
Língua ferina
Ah! Língua
Língua solta

Nenhum comentário: