Google+ Followers

domingo, 19 de julho de 2009

Aero Willys

(foto meramente ilustrativa)



Março de 1960.

O primeiro Aero Willys fabricado no Brasil ganha as ruas da cidade.
Nascido primeiro com o nome de "Brasília", o Aero 1960 tinha a carroçaria parecida com a do modelo americano de 55, e trazia o motor dos Aero 1952.Sua evolução foi constante até a chegada do "Projeto 213", que mudariam de vez o curso da indústria automobilística nacional.

Nos idos da década de 1960 o país atravessava, como sempre, uma crise de afirmação. A "Copa do Mundo" era nossa, "O Petróleo" era nosso, portanto os carros também tinham que ser. Foi em 1961 que a diretoria da Willys Overland do Brasil tomou a decisão: O Aero Willys 1963 seria um carro inteiramente novo, com estilo próprio e linha inédita no catálogo internacional.

No principio era uma idéia arrojada, que aos poucos foi se concretizando. Não eram uns sonhadores, sabiam o que queriam, e assim começou a surgir o primeiro carro concebido no Brasil.

O início da fabricação deu-se em outubro de 1962 e sua primeira aparição foi em outubro de 1962, em Paris, no mais famoso Salão do Automóvel do mundo. Entre as muitas novidades internacionais aparecia, um "carrão" com monobloco brasileiro, 110 cavalos no motor, concepção e estilos novos.
Era o primeiro carro concebido e construído na América Latina.

Em julho de 1963 era lançado o Aero Willys 2600, o primeiro carro genuinamente brasileiro. As primeiras peças, como os primeiros carros eram inteiramente feitas à mão. O sucesso foi imediato, tanto que em 66 foi lançado uma nova versão mais luxuosa batizada de Itamaraty, também chamado de "Palácio sobre Rodas". O Itamaraty vinha equipado com acessórios como bancos de couro e ar-condicionado.

Em 1968 a Willys foi comprada pela Ford, que aos poucos foi "fundindo" os Aeros com o seu Ford Galaxie. Em 1971 a Ford anuncia que este seria o último ano do Aero, devido à queda nas vendas.
Em 1972 são vendidos os últimos Aero e Itamaratys, sendo sua mecânica utilizada como base do futuro Maverick. Em 1973, o Aero Willis saia das pistas para entrar para a história.

Nenhum comentário: