Google+ Followers

segunda-feira, 20 de julho de 2009

A cor do mundo

O ancião descansava em tosco banco, á sombra de uma árvore, quando foi abordado pelo motorista de um automável que estacionou a seu lado:
- Bom dia!
- Bom dia!
-Mora aqui?
- Sim, há muitos anos...
- Venho de mudança. Gostaria de saber como é o povo daqui.
- Por favor, fale antes da cidade de onde vem.
- Ótima,fraterna, maravilhosa! Gente boa, gente amiga , gente solidária...fiz muitos amigos lá.Só a deixei por imperativos profissionais.
- Pois bem, meu filho. Esta cidade é exatamente igual.
Você irá gostar muito daqui.
O forasteiro agradeceu e partiu. Minutos depois apareceu outro motorista:
- Estou chegando para morar aqui.
Velho , o que me diz do lugar?
-Diga-me , como era a cidade de onde saiu?
- Horrível! Povo orgulhoso, arrogante, cheio de preconceitos! Não fiz nenhum amigo por lá!
- Sinto muito meu filho, aqui você encontrará o mesmo ambiente...



Vemos nas pessoas algo do que somos, por isso talvez ,haja pessoas que achamos antipáticas e outras simpáticas.
No outro, espelhamos o que somos e sentimos, por isso a lei de atração e ...repulssão.
Para tornar um pouco melhor nossas vidas e daqueles que nos rodeiam, aprendamos a cultivar , a " boa fraternidade ".
Certamente construiremos um mundo um pouco melhor!

(desconheço a autoria)

Nenhum comentário: