Google+ Followers

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

O Cantador




Dory Caymmi/Nélson Motta


Festival Internacional da Canção Popular - 1968

Amanhece preciso ir
Meu caminho é sem volta e sem ninguém
Eu vou pra onde a estrada levar
Cantador só sei cantar
Sou cantador
Canto a vida e a morte canto o amor
Cantador não escolhe o seu cantar
Canta o mundo que vê
E pro mundo que vir seu canto é dor
Mas é forte para espantar a dor
Prá todos ouvirem minha voz mesmo
longe

De que serve meu canto e eu
Se em meu canto há um amor que
não morreu
Ah! Se eu soubesse ao menos chorar
Cantador só sei cantar
Sou cantador
canto a vida perdida sem amor

Ah! Sou cantador
Canto a vida e a morte, canto a dor
Ah!Eu canto o amor

Nenhum comentário: