Google+ Followers

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O Poeta



O poeta flutua
Na imensidão do nada,
Sonha acordado
Tudo pode transformar,
Voa forte
Anda no tempo,
Está na terra,no ar,no mar...

O poeta canta
Através dos versos,
Chora pelos mesmos versos,
Vibra, fala, sorri...
Vive o vai e vem
Dessa vida,
Põe a alma nos versos que faz!

O poeta é livre
Como o vento,
Pode o universo abraçar,
Idealista, professor, profeta...
Mais veloz que um cometa,
É de todos, de toda a gente
Esplora a liberdade de sonhar!

Numa eterna busca,
Sacode os astros,
Faz estremecer o espaço
Procurando a inspiração
Que faz nascerem os versos,
Seu peito se incendeia,
Palpita mais forte o coração
Fonte de lindas ilusões!

O poeta chama-se Paulo Celso S. da Silva , reside aqui na cidade de Paraíba do Sul (a quem peço licença para postar).

Do livro: Reflexos página - 29

Nenhum comentário: