Google+ Followers

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Sentimento puro

A prece, elo de ligação
Entre o ser humano carente
E o poderoso Criador,
Capaz de atravessar
O imenso abismo
Que os separa;
Descortina o universo,
Esvai-se espaço além;
Veículo que transporta
O mais puro sentimento
A mais elevada
Esfera do invisível
Em seu caminho
Não há barreiras,
Nada a pode desviar
A tudo com magnitude sobrepuja,
Independente da raça
Ou posição social
Mesmo sendo inculto ou desajeitado,
Um minúsculo nada na multidão...
Para Ele nada disso importa,
O que conta é somente
A profundidade do sentimento
Emanado de um plácido coração,
Sem resposta
Ela jamais ficará,
Só depende de como cada pessoa
A irá interpretar!

Do livro: Reflexos
autor: Paulo Celso S. da Silva


(acervo:Recanto da Lidia)

Nenhum comentário: