Google+ Followers

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Para guardar


. Vão-se os anéis, ficaram os dedos
. Vaso ruim não quebra
. Temos que dar tempo ao tempo
. Uma mão lava outra e as duas lavam o rosto
. Uma andorinha, não faz verão
. Trabalho de criança é pouco, mas quem perde é louco
. Nada como um dia atrás do outro
. Comer e coçar é só começar
. Desgraça nunca vem só
. Todos os caminho vão dar em Roma
. Tal pai, tal filho
. Se queres ter um inimigo empreste dinheiro
. Santo de casa não faz milagres
. Farinha é pouca meu mingau primeiro
. Quem muito se abaixa, aparece a bunda
. Vamos cuidar da vida , que a morte é certa

Nenhum comentário: