Google+ Followers

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Nem parece inverno

(imagem de Veneza - Viagem das filhas)

Como eu gostaria que fosse inverno, digo que estivesse fazendo frio. olho no calendário e estamos nos meados de agosto de 2015.  Que pena as estações mudaram ,acabamos com as nascentes, florestas,poluimos rios ,corregos...e vai por aí e ainda achamos que temos o direito de reclamar,por não fazer mais frio. 
As árvores que esperavam até setembro para florir, já estão na floração há tempos.
As chuvas, cada dia mais escassa, até quando a natureza irá aguentar os nossos desmandos?
antes, o mês de agosto era conhecido como o mês dos ventos, dizia-se que as doenças o vento trazia
(eu me recordo da minha mãe quando falava isso) hoje é só mais um mês quente como foi junho e julho...
Que saudades das noites frias do mês de maio,junho,julho...
É, o tempo não volta, não tomamos nenhuma medida para deter o aquecimento global,vivemos como se não dependessemos desta mãe que nos criou e nos cria há milhares de anos. Talvez necessitemos deste castigo e de outros para valorizarmos o planeta. Olhe o poeta ja dizia ..."terra és o mais bonito dos planetas, estão te maltratando por dinheiro..."



Nenhum comentário: