Google+ Followers

domingo, 30 de setembro de 2007

300 de Esparta e a Historia Real

A história real se deu por ocasião da invasão da Grécia pelos persas, em 481 a.C. Defendendo o desfiladeiro das Termópilas que une a Tessália à Beócia, Leônidas e uma tropa de apenas 7.000 homens, sendo que apenas 300 eram espartanos, conseguiram repelir os ataques iniciais.

Mas Xerxes, rei da Pérsia, foi auxiliado por um pastor local Efialtes que lhe conduziu por um caminho que contornava o desfiladeiro e cercou o exército de Leônidas.

Restavam apenas 300 espartanos e voluntários tespienses e tebanos, que decidiram resistir até a morte.

Segundo Pausânias, Xerxes ameaçou a insignificante defesa grega dizendo: “Minhas flechas serão tão numerosas que obscurecerão a luz do Sol”. Leónidas respondeu: “Tanto melhor, combateremos à sombra!” Heródoto, que narra o desastre das Termópilas no seu Livro VII, reporta esta afirmação, não a Leónidas, mas a um tal Dieneces.

Leônidas estava certo da traição de Efialtes. Manteve os espartanos, que durante três dias mataram 20 mil persas, e dispensou o restante do exercito. Para aqueles que ficaram, ele disse: “Almocem comigo aqui, e jantem no inferno”.
Leônidas sabia que sua morte era certa, mas resolveu ficar e morrer lutando. Por dois motivos:
O primeiro, é que nenhum espartano volta fugido para sua cidade. Conforme sua própria filosofia, ou voltam vitoriosos, ou mortos em cima de seus escudos.
E em segundo lugar, se ele fugisse, o restante da Grécia também fugiria.

No final, já cercado por seus inimigos, o rei Xerxes dá uma ordem a Leônidas: “Deponham suas armas e se entreguem”, Leônidas responde apenas: “Venham pegá-las”.
Foram as últimas palavras do rei espartano. Atacados por todos os lados, foram massacrados sem piedade. A cabeça de Leônidas foi cortada e empalada e o seu corpo crucificado.

Os persas esperam durante dois meses, o inverno passar, para continuar a guerra. Quando resolvem voltar, os espartanos restantes formam o corpo principal do exercito grego. Havia três persas para cada grego, e no final da guerra os persas são derrotados e expulsos da Grécia.

2 comentários:

Anônimo disse...

muito legal mais podia ter mais explicaçoes.tenho um trabalho de historia para amanha copiei isso tudo a mao quero ver se vai adiantar!!!
bjs

Anônimo disse...

parabens