Google+ Followers

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Diabetes em poucas linhas



Atualmente é um importante problema de saúde pública,uma vez que suas complicações
podem levar a alterações importantes em muitas funções orgânicas.
Quando não tratados, temos a manutenção de um estado de hiper-glicemia (alta taxa
de glicose no sangue)constante que com o decorrer do tempo,
acaba provocando sérias lesões nos vasos sanguíneos
e nos tecidos nervosos ,que por sua vez ,acabam por alterar as funções de diferentes orgãos e tecidos do organismo.
O diabetes é a principal causa de amputação de pés e pernas,é a mais comum causa de cegueira .
A doença cardiovasculhar é a principal causa de morte entre diabéticos. O paciente diabético tem duas a três vezes mais chances de desenvolver doenças coronárianas.

O diabetes pode ser classificado em :

Diabetes tipo 1.

Quando há ausência total de produção de insulina pelo pancrêas.Ocorre com muita frequências em crianças e jovens ,normalmente fazem uso de insulina.
(são dependentes quimicos)

Diabetes tipo 2.

Resulta da produção insuficiente da insulina e ocorre com mais frequência em adultos, e também na idade madura. Pode ser controlado por meio de dietas ou
associados com medicamentos que auxiliam no controle da hiperglicemia.
Geralmente está associada ao sedentarismo e a obesidade .
Os maus hábitos alimentares e o sedentarismo são fatores preponderantes ,
neste tipo de diabetes.

É importante lembrar a diabetes gestacional,ocorre durante a gravidez e pode ou não persistir após o parto.

O diabetes é uma doença crônica e não tem cura.

Seu tratamento baseia-se no princípio da educação,com a decisão de mudar drasticamente o modo de viver entre os quais:

manutenção do peso corporal,
prática de exercício físico,
abstinência de bebidas alcoólicas, e cigarros.

Nenhum comentário: