Google+ Followers

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Eu sou diabetica


Hoje é o dia Mundial da Diabetis!

Nossa, quando penso como tudo começou...já faz alguns anos, até então eu não tinha nada grave mas, eis que entrei na menopausa e não foi nada fácil. Com exceção do bronquite , tinha uma vida normal. Sempre tive pressão baixa - sentia frio ,os pés estavam sempre frios, dormia de meias, antes mesmo da chegada do inverno ,blusas de frio , e as vezes tinha que comer alguma coisa , mais 'puxada' no sal.
Não tinha problemas de colesterol e claro ,nem de triglicerídios. De repente fiz um exame de sangue e tudo estava nas alturas.
Comecei a tomar glifage três comprimidos ao dia.
Fiquei assim por uns três anos, sendo que no final - já estava sempre alta a glicemia , volta e meia aparecia uma alta taxa de glicose no sangue de 180, 200 , 220.
Nesse meio tempo ,também fiz dois procedimentos: um cateterismo na cidade de Cabo frio e uma angioplastia na cidade de Juiz de Fora. Sendo que nos dois procedimentos a taxa de glicose no sangue ficou bem alta.
Na primeira vez ,quando terminou e fui para a enfermaria ,e onde foi feita a incisão - o sangue começou a escorrer,resultado... tive que dormir na enfermaria do hospital, nessa época eu ainda não tinha plano de saúde.Com o passar dos dias o meu braço começou a ficar roxo, tive uma freblite.
Passado um ano fiz outro procedimento ,uma angioplastia na cidade de Juiz de Fora, quando fui consultar com o cardiologista já fiquei internada, não pude voltar para casa, o médico fez um eletrocardiograma e a saída foi fazer a angioplastia.
Depois de alguns dias internada foi feito o procedimento, mas quando terminou ,o sangue não estancava - desta vez a incisão foi na virilha.
Fiquei ali ,sentindo e observando o sangue fruir.Comecei a tremer, a vista escurecia... o médico sugeriu que eu tomasse um prato de sopa, ali mesmo na
sala (?!) anterior ao Centro Cirúrgico.
Depois fui para o quarto, onde tudo transcorria normalmente mas, eis que ,quando a enfermeira fez a medição da taxa de glicose, notei que ela escondeu o resultado. Eu estava me sentindo mal, veio o médico e viu que a taxa de glicose estava muito alta, 450 era a taxa de glicose no sangue.
O Endocrinologista havia prescrito , que fosse feita uma medição mais amiúde da glicemia capilar, não foi realizada , quem pagou o pato? Eu .
Fiquei internada durante nove dias, tive alta - retornei ao lar. Fui no endocrino que me cuidava e continuei com a mesma medicação. Mas, teve um dia que fiquei aborrecida, chateada, com raiva , e ao final do dia já não estava bem , sentia um mal grande mal estar. As minhas filhas saíram (era um dia de sábado) menos a caçula que dormia a sono solto. Eu passei por uma madorna ,acordei com vontade de vomitar, fui ao banheiro e realmente vomitei - tinha um cheiro estranho ,eu sabia que não estava bem, chamei por minha filha e pedi que entrasse em contato com as irmãs ,eu precisava ir para um hospital. Elas chegaram ,e fomos ao hospital daqui de Paraíba do Sul só que ,não tinha fitas para fazer glicemia capilar ,fui aconselhada a ir para a cidade vizinha - Três Rios .
Foi feita a glicemia capilar a taxa de glicose sangüine era de 350, estava desidratada também. Fiquei internada durante 10 dias, e quando saí ,já estava tomando insulina ,36 unidade de manhã, e a noite 16 unidades ,tomava também durante as refeições comprimidos de Metformina 850 mg ,três vezes ao dia. Passei numa loja e comprei o medidor de glicose,estava eu com o meu kit de diabética - seringas ,medidor de glicose, insulinas...

Nenhum comentário: